domingo, dezembro 24, 2017

LIVROS NO LIXO POR RODRIGO POETA




LIVROS NO LIXO


       No mês de dezembro livros são jogados ao lixo. Em pleno século XXI a ignorância impera infelizmente. Tudo o que o político gosta. Um povo leigo, analfabeto de tudo... Triste quimera!
      Todo livro é fonte de conhecimento. São mostra viva da história de um povo. Numa comunidade carente do Rio, biblioteca é fechada e os livros vão ao lixo. 
       Numa cidade em que se impera o descaso com tudo, o conhecimento vai ao lixo, mas uma boa alma salva alguns livros. Afinal existe vida inteligente em nosso país. 
        Os livros salvos chegam à outro destino. Na casa de um poeta agora estão protegidos da inquisição da Nova Era.
      Ferreira Gullar é salvo, mesmo molhado e sujo, seus poemas vivem da gratidão como nestes seus versos: "...podemos formar uma muralha/ com nossos corpos de sonho e margaridas."


Rodrigo Poeta
23-12-17


*Texto dedicado ao meu irmão Rafael Andrade, a boa alma que salvou um pouco da sabedoria jogada no lixo.

*Fotos: Rafael Andrade. 
*Cidade: Rio de Janeiro-RJ.
*Mês: dezembro.
*Ano: 2017.

quinta-feira, dezembro 07, 2017

RODRIGO POETA NA REVISTA CABEÇA ATIVA 39

*Capa da Revista Cabeça Ativa 39.

*Minha participação na Revista Cabeça Ativa número 39 com a temática Cães. 
*Participei com meu haicai XLIX do meu livro Haicais Ásperos de 2015 (Ed. Costelas Felinas).
*Agradeço aos amigos Vieira Vivo e Cláudia Brino da Ed. Costelas Felinas de São Vicente-SP por me incluírem neste lindo projeto pela segunda vez!!!
*Estou nesta edição com os amigos: Cris Dakinis, Edweine Loureiro, Antonio Cabral Filho, Edite Capelo e outros de grande valor na literatura!!!

*Haicai que integra a revista de 
autoria do escritor cabo-friense
Rodrigo Poeta.


NOS PAMPAS DA VIDA POR RODRIGO POETA




Nos pampas da vida
(Homenagem ao Mestre Joaquim Moncks)

Num dia nasceu em palavras
Nos pampas da vida
Do Rio Grande do Sul nas graças
Da maestrina poesia.


E agora Joaquim?
Sua poesia voa
A pulsar no sangue enfim
Nas linhas da sua alegria.

Alegria colorada em vermelho
Do vinho tinto servido
Em metáforas guiadas sem medo
Nas sensações do tempo.

Um Mestre da poética gaúcha
A caminhar no líquido moderno
Do estranhamento encantamento
Nas sombras complexas da poesia!

Rodrigo Poeta
02-12-17

domingo, novembro 26, 2017

DIVULGANDO CULTURA!


LÁGRIMAS POR MATHEUS GOUVÊA


LÁGRIMAS

Eu me lembro bem de tudo que passei,
Todas as maravilhas que eu experimentei.
As dores que senti, os tombos que eu dei,
Fora todas as memórias de você que eu guardei.

Eu até chorava por pensar que era tudo passado,
Que todos aqueles mares eu já havia navegado.
Lembro das sensações que havia lhe proporcionado,
De quando, no final, nós deitamos no capô, vendo o céu estrelado.

Jogava pedras no lago para passar o tempo,
A paisagem me ajudava a querer continuar vivendo.
Passava o resto dos meus dias lendo,
Me ajudava a esquecer o quanto estava sofrendo.

Por isso eu comecei a escrever, para ver o tempo passar,
Sei que um dia todas as feridas vão se curar.
Nós nos veremos novamente, isso posso afirmar,
Pois quem nasceu para estar com o seu amor,
O destino não pode separar.

Continue trilhando o seu caminho,
Pense com cuidado e muito carinho.
Voe como um pássaro que finalmente saiu do ninho,
O destino vai nos unir, e é nisso em que acredito.

Para o fim desta estrofe, guardo aquilo que sinto,
As lágrimas vão cessar, é isso que imagino.
Pode ter certeza que você é tudo o que eu preciso,
E o que me mantém de pé é lembrar do seu sorriso.

Matheus Gouvêa
- Blogueiro de Araruama/RJ.

sexta-feira, novembro 17, 2017

CRÔNICA VOCÊ NÃO É UMA NOTA DE RODRIGO POETA NO INFORMATIVO RAÍZES D' ÁFRICA

*Informativo Raízes d' África da Associação
Beneficente e Recreativa Galpão da Cultura Negra
do Rio de Janeiro/RJ presidida por
Jorge Henrique Nascimento.

*Crônica "Você não é uma nota" de Rodrigo Poeta
no informativo publicada em 2015.

segunda-feira, setembro 25, 2017

POEMA DOBLE DE LA POESÍA É EXPOSTO NO RIO DE JANEIRO

*Poema "Doble de la poesía" em exposição
no Rio de Janeiro/RJ.

*No dia 21 de setembro o poema "Doble de la poesía" em espanhol do escritor cabo-friense Rodrigo Poeta em homenagem aos poetas argentinos Julio Cortázar e Jorge Luís Borges foi exposto no Centro do Rio de Janeiro/RJ no projeto Um poema em cada árvore do Instituto PSIA realizado pelo escritor carioca e defensor das árvores Mario Rezende. Linda iniciativa do escritor carioca Mario Rezende!

domingo, setembro 17, 2017

JOVEM ESCRITORA CABO-FRIENSE BRILHA NA BIENAL

*Na foto: A jovem escritora 
cabo-friense Millena da Costa Inácio.


*A jovem escritora cabo-friense Millena da Costa Inácio brilha na bienal. Com um currículo já de destaque Millena começa despontar como grande revelação das letras cabo-frienses. Millena já ficou em terceiro lugar no Prêmio Cecílio Barros Pessoa na categoria crônica da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo/RJ. Também possui texto numa das edições do Anuário de Cabo Frio e já ficou em vigésimo lugar em 2015 no Concurso Poesiarte organizado por Rodrigo Poeta. Possui também poemas publicados em periódicos da Região dos Lagos. Na Bienal do Livro no Rio de Janeiro com o poema "Ondas Caribenhas" que integra-se na Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea: Além da Terra, Além do Céu Vol. II, realizada anualmente pela editora portuguesa Chiado com seleção de Gonçalo Martins, organização de Mayra Facchini e coordenação de Vitória Scritori. Millena mostrou o seu talento. 

*Millena com antologia em 
mãos.


*Segue abaixo um depoimento da escritora:




       "Foi uma oportunidade que tive de mostrar meu trabalho e expandir ainda mais meu conhecimento pela cultura portuguesa. Mais de 700 autores brasileiros participaram, e entre eles, fui selecionada. A minha felicidade se resume a todos aqueles que um dia zelaram pelo amor pela cultura e por um pouco mais de arte em nosso país. O que eu espero que possa continuar, pois a poesia se deve a paixão de seus poetas."

Millena da Costa Inácio
Escritora cabo-friense

domingo, agosto 13, 2017

EVENTO DA FALASP EM IGUABA GRANDE/RJ POR RODRIGO POETA

*Na foto: O acadêmico Rodrigo Poeta com a cópia 
do poema "O Coração" de Nazareth da Cruz Gomes 
e o Presidente Thiago de Menezes da FALASP.



Evento da FALASP em Iguaba Grande/RJ




                 O evento da FALASP (Federação das Academias de Letras e Artes de São Paulo/SP) foi um momento único. Poesia, música e entrega de homenagens para personalidades que fazem seu papel na sociedade de cidadania, cultura e empreendedorismo. 
            Estar ao lado de grandes amigos como a escritora Elaine Mello, que representante da FALASP em Rio das Ostras, o acadêmico Dr. Cid (Presidente da Academia Araruamense de Letras) da cidade de Araruama/RJ, da acadêmica Maria do Socorro Lopes (Presidente da Academia de Artes e Ciências e Letras) da cidade de Iguaba Grande/RJ, com a amiga e acadêmica Nice Ventura, que é representante da FALASP na cidade Iguaba Grande/RJ e com o poeta Manoel de Santa Maria da Academia Araruamense de Letras de Araruama/RJ um amante vivo da Literatura de Cordel e com maestro Claudio Santana do Coral da cidade de Iguaba Grande/RJ foi sem dúvida alguma um momento ímpar.
              Momento de grande gratidão foi em receber da amiga e acadêmica Nice Ventura o diploma de Mérito Assis Chateaubriand da FALASP e poder recitar um poema em homenagem à cidade de Iguaba Grande/RJ. Também tive a honra de fazer uma explanação literária sobre o poeta e escritor Virgílio Aurélio Gomes nascido em Barra de São João/RJ (1844-1916) e da poetisa Nazareth da Cruz Gomes nascida em Saquarema/RJ (1877-1950) de estilo estético simbolista a recitar o seu poema “O Coração”. Grandes nomes da literatura brasileira e regional que estavam escondidos numa gaveta, que através do primo Carlos Delano Carvalho e que vieram a florescer novamente depois de muito tempo para serem aclamados na Literatura.
              Um trabalho em que já quase compilei todo, para depois fazer análises literárias e históricas para termos um livro da Família Carvalho com a árvore genealógica, depoimentos, textos e mensagens. Isto tudo só está ocorrendo graças ao primo Carlos Delano Carvalho, pois se não fosse ele, este resgate da história da família de tão grande importância não estaria acontecendo.
           O ponto alto do evento foi em estar com o amigo e acadêmico Thiago de Menezes que é Presidente da FALASP, um grande homem da cultura de São Paulo/SP e do Brasil para um foto com a cópia do poema “O Coração” de Nazareth da Cruz Gomes. Momento marcante para iniciar laços de perpetuação literária do nome desta grande poetisa de Saquarema/RJ e da Família Carvalho no cenário da Literatura Brasileira.

Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta)
Ex-Presidente da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo/RJ.
Acadêmico Honorário da Academia Cabo-friense de Letras.
Escritor, acadêmico, pesquisador, palestrante e professor.