sábado, setembro 16, 2006

POESIARTE EM FOCO DE GERALDO CARNEIRO


A poesiarte apresenta: Geraldo Carneiro. Poeta nascido em Belo Horizonte-MG em 1952.

Vejamos uma poesia de sua autoria:


o poeta esquadrinha a natureza
em busca de indícios: eclipses
o grafismo das garças no lago
estrelas cadentes e outros sinais
da língua de deus.
e deus, crupiê do acaso,
foi passar o verão noutra galáxia
deixou no céu uma guirlanda de enigmas
e mais meia dúzia de coincidências
pra orientar o frenesi dos tolos
e as especulações da astronomia

(Poeta Geraldo Carneiro)

Um comentário:

flavio disse...

O poeta é alguém que consegue ver o que as pessoas comuns não vêem... são aqueles que captam no universo o outro lado das verdades preestabelecidas... o poeta é um subversivo... não existe para definir, nem responder perguntas; senão complicar e criar indagações ainda mais profundas ou mesmo inconcebíveis!