sábado, outubro 07, 2006

POESIARTE EM FOCO DE FLÁVIO OTÁVIO


A poesiarte apresenta: Flávio Otávio. Poeta de Bela Vista-MG. Autor do livro de poesias "Cata-Ventos".

Vejamos uma poesia de sua autoria:


"Contradições"

Traze-me as respostas,
Todas à ponta da língua,
Como uma íngua
A ferir-me a virilha...
As tuas mãos são pesadas,
E meu ombro calejado
Não suporta o abraço
Em que me envolves...
Teu olhar inveja-me...
Teu cheiro causa-me ânsia...
E, você insiste em dizer-me
As definições da vida.
Já viveste o bastante
Para se tornar meu guia?
O espírito levita só;
O corpo esfacela ante o pórtico,
Você se aniquila,
Evapora na fumaça de enxofre
E cálidas formas.
Eu sigo meu caminho de penas...
Prisioneiro de minhas próprias
Limitações...
Consumido em minhas dores
E angustiosas indagações...
Meu caminho se torna longo
E a chegada cada dia mais distante...
Nenhum anjo me carrega,
Tenho que caminhar
Com minhas próprias pernas...
Tenho que escrever
Minha própria história...
Mas como?
Se minhas pernas já não andam,
E meu corpo não responde
Aos meus comandos?
Marionetizei-me
Segundo os teus desejos,
Tirei minhas conclusões
Das conclusões alheias;
E, hoje estou mais imperfeito ainda!
Sorrio o mesmo sorriso forçado,
Minhas frases são todas ensaiadas
Em músicas que já não tocam em rádios...
O mundo me acha o máximo
Mas sou a mínima das verdades...
Sou alto e forte
Embora pequeno e fraco...
Sou tudo
Ante o absurdo do nada...
E, assim, me tornei um sujo
De corpo e alma alva!

(Flávio Otávio) Bela Vista-MG

4 comentários:

Cássio Amaral disse...

A vida é indefinida brother e sua poesia certeira. Eu gosto da sua poesia irmão!!!

Abração.

Cássio Amaral.

Parabéns a todos!!!

célia musilli disse...

Oi, vim ver seu poema...bonito, mas, se puder, fuja deste "espectro"..rs um grande beijo.

Paola Vannucci disse...

Adoro as contradições da vida

poema belo

bjsssssssss

Paola

A todo blog, muito explendido, a busca por poetas novos, a luta por um lugar ao céu é grande......
Paola

Wilson Guanais disse...

gostei do espaço.

abraço