sábado, julho 28, 2007

POESIARTE EM FOCO DE CLARENCIO RODRIGUES


A poesiarte apresenta: Clarencio Rodrigues. Ator-marionetista, artesão, professor,bonequeiro e animador cultural. Filho de Cabo Frio-RJ.


Vejamos um poema de sua autoria em homenagem a sua arte:

"O Boneco"

Minhas mãos, meus sentimentos,
Numa mutação constante
Promove mil movimentos.
Criando a cada instante,
Bonecos de luva,bastão,
Fios de nylon ou barbante,
Como sendo uma extensão
De minha mão empolgante.

Usando gestos ensaiados,
Cantando num tom preciso,
Êta, moleque assanhado!!!
Quando ataca num improviso
Altivo entre o monumento,
O Imperador da Empanada
Sem cetro, mas com muito talento
E bem atento, não liga pra nada.

Esse boneco faceiro
Usando seu dom carismático,
Conquista o mundo inteiro
Com esse jeito fantástico.
E sorrindo me sinto menino,
Quando num ato inocente
E dotado de um poder divino,
Transformo o boneco em gente.

(Clarencio Rodrigues)

Um comentário:

Elidia Almeida disse...

Gostei do seu texto,muito criativo e envolvente,parabéns!