domingo, junho 01, 2008

POESIARTE EM FOCO DE DANIELA BARBOSA


A poesiarte apresenta: Daniela Barbosa. Natural de Cabo Frio-RJ. Nascida em 08 de junho de 1974. Auxiliar de biblioteca da Biblioteca Municipal Walter Nogueira de Cabo Frio-RJ. É amante das artes e aprendiz da poesia. Uma revelação na poesia cabo-friense.

Vejamos um poema de sua autoria:




POESIA NO BECO


Poesia no beco eu faço bem
Não penso no ritmo, na rima ou na estética
Eu faço por fazer, por desejo, por prazer
Ando nos becos por andar, vagando à procura das trevas

Poesia no beco eu faço sempre
Depois de um dia normal, o beco é meu refúgio
Onde eu me escondo dos brilhos, da pressa, do rush
Guardo nele minha vida, meus pensamentos sujos

Poesia no beco eu faço de graça
Sento na lixeira e brinco com sombras macabras
Pouca luz, pouca vida, poucos sons chamados humanos
Aqui reina a paz, entre meios-fios fétidos e paredes desbotadas

Poesia no beco eu faço cantando
Desafinadamente livre, numa dança desenfreada
Girando nos pés descalços, lama, lixo e fumaça
Num êxtase de versos e falsas rimas descompassadas

Poesia no beco eu devoro com ardor
Mergulho no colo úmido dos atores da noite arredia
Deito-me nos olhos perdidos dos viciados
Deleito-me nos seios tristes das mulheres vazias

(Daniela Barbosa)

2 comentários:

Luciene Danvie disse...

Hum...
Gostei bastante desse "beco" da Daniela. As suas palavras moldam o pensamento, uma construção de imagens... formam-se becos em um único beco de palavras. Mto boa.
Abraços!

Luciene Danvie

Fanzine Episódio Cultural disse...

VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
ano 2011.
Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.