domingo, junho 19, 2011

MEMÓRIARTE

*Hoje vamos falar das antologias da Região dos Lagos. A primeira Antologia foi feita pela Academia Cabo-friense de Letras em 1997 com nome de "Antologia Literária Cabofriense" sem hífen. Coisas da vida! Nela estão os imortais da Academia Cabo-friense de Letras da cidade de Cabo Frio/RJ, vultos como: Hilton Massa, Victorino Carriço, Célio Mendes Guimarães, José Casimiro, Professor Renato Azevedo e muitos outros.




*Em 1999 nasceu a segunda antologia da Região dos Lagos de título "Antologia Literária da Terra Cabofriense", organizada pelos escritores Dom Alvaro Francisco Lopes da Rosa e Affonso Santa Rosa com pesquisa do acadêmico Carlos Alberto Sousa.
Nesta antologia temos escritores e poetas de Cabo Frio/RJ, São Pedro da Aldeia/RJ e Arraial do Cabo/RJ.
Nela temos grandes vultos da cultura regional como: Alair Corrêa, Cardoso da Fonseca, Tonga, Célio Mendes Guimarães, José Henrique, Meri Damaceno, Silvana Lima, Tânia Arrabal, Torreano, Victorino Carriço, Valcir Rodrigues, Ana Pessoa (sobrinha-neta do patrono da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo/RJ, Cecílio Barros Pessoa) e muitos outros. 


*Capa da Antologia Literária da Terra Cabofriense.

*Professor Affonso Santa Rosa um dos organizadores.

*Dom Alvaro Rosa um dos organizadores.

*Carlos Alberto Sousa o pesquisador da antologia.

*No século XXI nasce a primeira Antologia da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo/RJ com título "Antologia Lítero-Cabista", que foi lançada em 2009. A antologia teve como organizadores os acadêmicos Carlos Alberto Sousa (presidente de honra da entidade) e Adão Antunes de Castro (presidente da entidade neste período) e a orelha feita pelo acadêmico Rodrigo Octavio Pereira de Andrade. Nela consta grandes vultos da Região dos Lagos como: Reinaldo Fialho, Sotero T. Souza, José Henrique e outros que marcam a história de Arraial do Cabo e da região.

*Capa da Antologia Lítero-Cabista.

*Acadêmico Carlos Alberto Sousa 
um dos coordenadores da antologia.

*Acadêmico Adão Antunes de Castro 
um dos organizadores da antologia.

*Em 2007  o poeta Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta) é o primeiro cabo-friense a participar da Antologia Delicatta de São Paulo/SP, organizada pela produtora cultural e poetisa Luiza Moreira. 

*Rodrigo Poeta o primeiro cabo-friense
na Delicatta e o único 
por dois anos consecutivos nas coletâneas 
da Associação dos Escritores dos Municípios 
da Grande Florianópolis/SC.


*Capa da Antologia Delicatta II.

*Em 2009 e 2010, o poeta Rodrigo Octavio Pereira de Andrade se torna o único poeta do Estado do Rio de Janeiro a participar dois anos consecutivamente das coletâneas da Associação dos Escritores dos Municípios da Região da Grande Florianópolis/SC. Em 2009 na coletânea intitulada "Alvorada de Inverno" e em 2010 na coletânea intitulada "Tijuca de todos os encantos".


*Capa da coletânea "Alvora de Inverno".

*Capa da coletânea "Tijucas de todos os encantos".

*Em 2011 nasce da ousadia de três artistas plásticos a antologia intitulada "Essências" . A primeira antologia da Academia de Letras e Artes da Região dos Lagos. A primeira antologia feita por artistas plásticos da região. Ela teve como organizadores os acadêmicos: Cassia Fouraux, Carlos Ribeiro e Carlos Alberto Fouraux (presidente da ALeART). É uma antologia diferente, pois nela tem a participação de escritores da região como de outros estados brasileiros. Destacam-se nela nomes como: Carlos Alberto Sousa, Jorge Luiz Vargas (DF), Nice Ventura, Izabelle Valladares, Roldão Aires (SP), Sione Rocha, Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta) e muitos outros.

*Capa da antologia "Essências".

*Acadêmico Carlos Alberto Fouraux
um dos organizadores da antologia.

*Acadêmico Carlos Ribeiro
um dos organizadores da antologia.

*Acadêmico Cassia Fouraux
um dos organizadores da antologia.

*Em resumo a tudo isso, nota-se a força da Região dos Lagos como grande celeiro de escritores no Brasil. 
Essa é uma pequena mostra que a união entre os artistas podem contribuir muito para sociedade e para história de uma nação. 

-Pesquisa feita pelo acadêmico Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta).

16 comentários:

Janaína de São Pedro. disse...

Uma nova palavra, então, para resumir tudo isso e se fundir a "memóriarte" e "poesiarte": "HISTORARTE". A cidade que foi a primeira feitoria do Brasil também armazena um arsenal de artistas de caracteres próprios e exclusivos...

Jéssica Araújo disse...

Parabéns meu caro professor e grande poeta, você sabe que sou sua fã incondicional sem contar que almejo muito que nossa cultura regional seja de fato valorizada, para isso reconheço seus grandes esforços e sei que não será em vão, um dia verei você recebendo os frutos de sua luta constante.A todos minhas sinceras felicitações e um forte abraço poeta!

Roldão Aires disse...

EU ACHO QUE ASSIM É QUE DEVE SER, COLOCAR NO DEVIDO LUGAR, AQUELES QUE PRIMEIRO, DERAM DE SI PARA QUE
A ACADEMIA TIVESSE A SUA ANTOLOGIA, E QUE ASSIM PUDESSEM CONTAR A HISTÓRIA, DAQUELES QUE PRIMEIRO DESTACARAM-SE NO CAMPO DA POESIA. POSTERIORMENTE MAIS DUAS VIERAM , E EU COM MUITO ORGULHO FAÇO PARTE DA TERCEIRA, AGORA TIVEMOS A QUARTA , DA QUAL TAMBÉM FAÇO PARTE.
ASSIM TUDO FICA COM OS DEVIDOS PINGOS NOS 'IS' COLOCADOS.

ROLDÃO AIRES

ZEL HUMOR disse...

Rodrigo, Parabéns! Há necessidade de se preservar a historia, para criar um futuro mais autentico e prospero.

Peço autorização para postar no meu blog.

ZEL HUMOR

Prof. Roque disse...

Onde a palavraé expressa com intenção cultural ela move montanhas de ignorância.

Alex Feitosa disse...

Parabéns meu nobre amigo! é muito bom saber de todo o roteiro literário da cidade de Cabo Frio, é muito bom saber que tem inúmeras antologias em nossa cidade!

IZABELLE Valladares disse...

Parabéns pela pesquisa Rodrigo, é muito importante para o cidadão cabofriense, não esquecer de valorizar os pioneiros da literatura da Região dos lagos,e valorizar as que estão seguindo os passos culturais, e valorizando os artistas locais.

bjss!

Mírian Warttusch disse...

Belíssimo trabalho dos poetas da Região dos Lagos, local paradisíaco onde a poesia certamente faz morada. Demanda tempo, talento e trabalho incansável para se alcançar metas memoráveis e atingir objetivos culturais, num pais em que os autores, em sua maioria, é quem precisam sustentar a sua arte, tão pouco se apoia a educação e cultura. Assim, todas essas importantes e louváveis conquistas, merecem a nossa mais profunda admiraçãso e respeito. Rodrigo poeta é um incansável batalhador já nosso conhecido, a quem não poderemos deixar de homenagear. O mundo das letras, muito deve a ele, por sua garra e empreendimentos que visam engrandecer sempre mais o nome do Brasil e nós poetas temos conseguido evidênciar nosso trabalho através das ações de pessoas maravilhosas como ele, às quais muito agradecemos. Parabéns!

naza disse...

Não se fazem mais poetas como antigamente e quando nos deparamos com uma alma poética assim é um orgulho não só para o meio poético mas para o meio de onde esses tesouros emanam. (made in Brasil)
Abração Rodrigo!

edweinels disse...

Vitorias como essas, do Poeta e Academico Rodrigo, merecem ser aplaudidas; pois desmonstram a dedicacao e o talento daqueles que amam e fazem pela Literatura Brasileira. Parabens!

Abracos.

Edweine Loureiro

Anônimo disse...

Parabéns por esta inserção memorialista. Você criou o adágio para a ACLAC de uma academia que preserva a memória e faz jus agora com esse trabalho de pesquisa nos permitindo a bem da verdade reconhecer aqueles que nos antecederam com pioneirismo num mutirão literário desbravador. Vamos elevar com atitudes a comunidade editorial que sobremaneira enriquece as erupções de criatividade dos nossos escritores que se permitem estar consorciando seus sonhos nas sempre oportunas antologias.
CARLOS ALBERTO SOUSA

Cris Dakinis disse...

Meu caro amigo,
Que legal esta matéria no Poesiarte! Uma beleza esse acervo precioso que voce aqui reuniu. Parabéns! Muitos parabéns!
Cris:)

Nice Ventura disse...

Idéia fantástica !
Meus aplausos, RODRIGO !
Esta sua pesquisa, enriqueceu a todos nós,fazendo-nos conhecedores,
das raízes das Antologias da REAGIÃO DOS LAGOS. BRILHANTE IDÉIA !!
HÁ quem diga que "a cultura não se herda, conquista-se. "
Aí , está uma maneira de nos introzarmos , mais e mais culturamente... A antologia , nos presenteia favorecendo-nos à Literatura...
Obrigada , amigo querido. por oferecer a todos , esta linda oportunidade...
Baci in cuore
by Nice Ventura

Anônimo disse...

Parabéns pelos excelentes e maravilhosos trabalhos realizados Confrade Rodrigo. Seu sucesso emana da sua vontade de crescer, Crescer com responsabilidade, honestidade e sensibilidade. Sucesso sempre.

Anônimo disse...

É honroso para todos que escrevem ter sua memória lembrada, seja pelo pioneirismo, seja pelo destaque que trouxe à arte local. És de uma alma sensível e bondosa, e aos homenageados pela sua pesquisa, cabe aplaudi-lo por essa atitude que veio abrilhantar os seus pilares, enriquecendo a cultura e servindo de modelo às academias literárias por todo Brasil.
A arte valorizando a arte.

Rodrigo Poeta disse...

Obrigado Antonio e Jairo pelos comentários e a todos os outros que contribuíram aqui! Muita luz e abraços fraternos!

Acadêmico Rodrigo Octavio.