domingo, julho 02, 2006

POESIARTE EM FOCO DE L. RAFAEL NOLLI


A poesiarte apresenta: L.Rafael Nolli. Poeta de Araxá-MG.

Vejamos uma de suas poesias:


“Canto de Ninar”
Dorme, pequeno.
Deixe os ruídos do mundo.
Os carros que cortam as ruas lá fora são bigas,
As luzes que se apagam são estrelas cadentes desenhando teu nome.

O vento fresco que deita o capim vem a teu encontro,
Trará o frescor prata da lua para beijar a tua face ingênua.
Dorme antes que o peso do mundo deite sobre ti!

Dorme, pequeno anjo,
Deite com os seres do altí­ssimo que desconhecem
As artimanhas das sombras.
Os cavalos pastam longe, aguardando sua vinda;
As cachoeiras clamam por ti!

Dorme, filho:
As corujas se foram para outros telhados;
Os morcegos atazanam outras janelas;
Os grilos ensaiam um coral em sua honra!

Sonha com as estrelas de uma intocada constelação!
Teus olhos estão voltados para alguma nebulosa distante?
Dorme, pequeno anjo:
Antes que nos despejem as chuvas atômicas!

(Poeta L.Rafael Nolli)


6 comentários:

Cássio Amaral disse...

Rafael é um brother, um amigo, um poeta iluminado, um cara gente fina, um guerrilheiro que sabe o que é uma vírgula, uma metonímia, um cara armado. Esse poema é maravilhoso, eu o publiquei no meu blog também, adoro o livro dele. Parabéns pela escolha.
Abração.
Cão.

_Maga disse...

bah, que belo poema!!! Muito bonito mesmo... e esse final genial!! genial!!

bjos

Saramar disse...

Adoro os poemas do Raphael. São sempre sofisticados e belos.
Parabéns pela publicação.

lisa Alves disse...

Eu conheci o Rafael há uns bons longos anos e posso afirmar que ele é um "típico filho de Drummond". Que raridade, né!?

J. Jota Resen disse...

Bom, visito o cara sempre. Gosto desse. Bom

Joana Corrêa disse...

é linda essa canção de ninar.

o rafael arrebenta!
;*