terça-feira, dezembro 05, 2006

POESIARTE EM FOCO DE JOAQUIM MONCKS



A poesiarte apresenta: Joaquim Moncks. Poeta nascido em Pelotas-RS.

Vejamos uma poesia de sua autoria:


"BAÚ DOS AMORES"
 
E o poeta perde a bússola
de todos os caminhos
o destino marcado por andar
sem nunca fazer morada.
Mergulha na insolente emoção,
indormido milagre de estar junto
flama permanente de tudo
e com este archote ardido
empalma o facho da Poesia.

Débil réstia, luz pros olhos antigos
o coração cantando alegorias
na permanente ilusão.

Por fim, depois de tantas estripulias
– da estrela d'alva ao poente –
luzes coroam aqueles outros
que tanto como os escribas
são pura poesia
eternos motivos para o canto.
São estas almas simples
que perpassam a permanente inocência
aos seus olhos roxos de esperanças.

– Do livro, em preparo, BULA DE REMÉDIO, 2004 / 06.

(Poeta Joaquim Moncks)

Um comentário:

Cássio Amaral disse...

Parabéns para Joaquim e pra vc brother. Tô sem net, só lan e sabes que é foda.
Abração.