quarta-feira, novembro 07, 2007

POESIARTE EM FOCO DE RODRIGO POETA


A poesiarte apresenta: Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta). Poeta, professor, pesquisador e cabo-friense.


Vejamos uma poesia de sua autoria publicada nos jornais O Popular da Costa do Sol de Iguaba-RJ e Jornal Lagos da Região dos Lagos-RJ:


“Sintra de Portugal”

Ó cidade portuguesa,
Diante da pequena
E simpática Quinta da Regaleira,
Que revela toda a sua beleza.

Pequena Sintra majestosa,
De jardins, de castanheiras-da-índia,
Diante das fontes de grande beleza,
Para as estátuas dos deuses de pedra.

Ó Quinta da Regaleira,
Você se torna nome de um sonho,
Perante ao patamar dos deuses da renascença,
Até a torre dos guardiões do escuro.

Cruzes templárias despertam curiosidade,
Diante de um mistério desconhecido,
Perante a Ordem de Cristo em sua realeza tênue
Aos diversos sentidos relacionados ao seu esoterismo.

Ó Quinta da Regaleira,
Perante ao seu altar-mor de sua capela
A coroação de Madalena,
Diante de uma arte plena.

A águia com seios,
Mostra a fugacidade palaciana,
Diante da utopia dos homens
Perante a sua perseverança.

Ó Sintra de Portugal,
Pequena cidade,
Que diante dos olhos o coral
Dos deuses para a realidade.

Se torna romântica a melodia
Das vozes que ecoam,
Dentro de um olhar impresso na fantasia
De uma poesia paisagem.

(Rodrigo Octavio Pereira de Andrade 23/04/00)

2 comentários:

Creusa Lima disse...

Poesia lindíssima em homenagem a Portugal, Parabéns poeta! a mim que sou descendente, senti lisonjeada e os portugueses, então, hein? Grande inspiração!

lucinha disse...

Para mim tomar conhecimento do trabalho do Rodrigo foi um fato importantíssimo. Gosto muito de suas poesias em especial Sintra de Portugual,linda poesia! Foi através do Rodrigo que voltei a rabiscar alguns versos,não é à toa que é intitulado "O Mago do Poesia arte",até isso ele consegue animar quem está desanimado!