quarta-feira, novembro 28, 2007

POESIARTE EM FOCO DE SANDRA ALMEIDA


A poesiarte apresenta: Sandra Almeida. Poeta nascida em Jandaia do Sul-PR. Residente em Maringá-PR. Sandra Almeida é colunista do Jornal O Rebate de Macaé on line e geógrafa.

Vejamos um poema de sua autoria:


"Sina do Sertanejo"

O sertão chora,
desamparado.
A seca o devora,
até seus sonhos,
seu dotô!

Patriarca despede,
lágrimas e saudades.
Leve balançar de cabeça,
um dia voltarei.
Espere...a vida vai melhorar!

Meninos sem entender, espiam.
Aconchegando na saia da mãe,
lagrimas ensaiam em seus olhos.
Coração anseia resto de esperança.
- O pai prometeu!

Mas as promessas.
Não cessam.
Vida ingrata.
Sempre a prometer!

Como preces atendidas,
chove no sertão,
mandacaru florido.
- Como luzes em avenidas!

Um cheiro envolvente,
de flor,terra molhada
e esperança!

Par de olhos parados,
fixam a entrada.
Cantarola pra esquecer
a tristeza.

Triste notícia recebeu
José não mais voltará.
Atravessando a São João,
o mundo de concreto o levou.

E Maria...emudece numa última prece!

(Poeta Sandra Almeida)

*Link de sua coluna no Jornal O Rebate:
:http://orebate-sandradealmeida.blogspot.com/

4 comentários:

sandrah disse...

Olá,poetamigo!
Vc sempre essa marabilha de ser humano e poeta ....reverêncio seus versos,saves disso.
Grata por ter postado trb meu,realmente grande amigo.
Bjs carinhosos

universo em poesias disse...

Boa Noite Poeta!
Parabéns pelos belos textos poeta!
Parabéns pela postagem do poema da poeta Sandra Almeida.
Sandra brinca com as palavras, é o seu dom.
Seu poema postado é lindíssimo!
Foi de muito bom gosto na escolha.
Parabéns aos dois poetas formidáveis!
Bjos.
Marta Peres

SELMO VASCONCELLOS disse...

Falar de Sandra ? Só posso falar bem. Suas poesias líricas não são melosas e nem mexicanas. São de bom gosto. Em outros temas também da o seu recado e muito bem. Como pessoa é maravilhosa. Um beijo para ela, Selmo

ana wagner disse...

Sandra é uma poeta completa, fantástica!
Enfrenta temas românticos e socias com o mesmo fervor. Parabéns, Rodrigo por ter postado esse maravilhoso poema de Sandra!
Abraço.