domingo, outubro 05, 2008

POESIARTE EM FOCO DE ABEL FERREIRA

A poesiarte apresenta: Abel Ferreira da Silva. Nascido em Cabo Frio-RJ, em 28 de fevereiro de 1943.
*Mora desde os dois anos de idade na cidade do Rio de Janeiro-RJ.
*Poeta, professor,escritor e compositor.
*Autor dos livros:
"O Afogado" -romance- (1971);
"O Açougue das Almas" -contos- (1974);
"Asas" -poesia- (1979);
"Só uma palavra me devora" -poesias reunidas- (2001);
"Berro em Surdina" -poesia- (2005).

-Uma poesia de sua autoria:

Troca de Bem

Esquece a briga, esquece o grito
esquece o mal que nos fazemos vez por outra,
isso é normal.

Se a vida tem altos e baixos,
nós dois sabemos,
procura ver a grande sorte
que nós temos.

Somos amigos, somos amantes,
somos meeiros
e a nossa chama ainda arde
no candeeiro...
Troca de bem, me dá teu dedo indicador
que a vida é curta
não vale a pena gastar o amor...


(Abel Ferreira da Silva)


-Uma frase de sua autoria:


"Hoje, no Brasil, o papel do escritor é tornar a literatura necessária."
(Abel Silva, 1976)

Um comentário:

Su(elen) disse...

Lida!

Amei a poesia. Amei!

S.