quarta-feira, julho 15, 2009

ENTREVISTA COM DEISE FORMENTIN


A poesiarte apresenta: Deise Formentin. Poeta de Sangão-SC.

- Vejamos uma entrevista feita com Deise Formentin por Rodrigo Poeta:




1-Como você começou a gostar de poesia?


*Deise Formentin: A partir do momento em que me descobri só pela primeira vez, mesmo estando no meio de uma multidão de pessoas, e desde que senti que não podia expressar tudo o que queria, pensava e sentia através da fala, daí comecei a escrever e gostei tanto da ideia da escrita que não parei mais. Viciei...


2-Quem incentivou você?


*Deise Formentin: A princípio ninguém, porque eu não mostrava pra ninguém, aquilo era só meu, podia ser meio egoísta isso, mas era assim que funcionava, mesmo porque ninguém dava muita importância, muito menos gostavam de poesia. Hoje que já publiquei algumas, meus amigos e minha família me apoiam. Tenho uma amiga em especial que me apoia desde o começo, porque a gente morava distante e eu sempre escrevia pra ela, aliás ainda escrevo, ela foi morar em outra cidade. Nunca perdemos o contato, eu sempre mandava poesias nas cartas e ela adorava e sempre me incentivava a escrever um livro só meu.


3-Que tipo de poesia você mais gosta de fazer?


*Deise Formentin: As que expressam o que sinto, o que penso, enfim sobre mim mesma, minha própria vida, meus medos, alegrias, tristezas, dúvidas, angústias...


4-Qual o seu estilo de fazer poesia, ou seja, qual modo em que você faz poesia?


*Deise Formentin: Em prosa.


5-O que representa ser poeta para você?


*Deise Formentin: Tudo.


6-O que representa a poesia para você?


*Deise Formentin: Descobri nisso um dom, esse brincar com as palavras, tentando organizá-las em frase e versos. Está tudo aqui em minha mente. Às vezes fico maravilhada, quando estou triste não consigo ver que tenho um precioso dom: o da escrita. Sempre fui boa nisso, só que nunca havia percebido isso ou não queria perceber achando que não era boa o bastante. Depois que vi meus primeiros poemas publicados no site e no livro, amei e senti mais confiança em mim mesma e em meu dom. Só preciso exercitar mais ainda minha paciência e meu amor para encontrar o equilíbrio e a plenitude da vida.


7-Quais os grandes ícones da poesia brasileira e mundial, que agrada mais a você?


*Deise Formentin: Vinícius de Morais, Mário de Andrade e Cruz e Souza.


8-Você já participou de recitais de poesia? Se participou cite alguns de grande importância?


*Deise Formentin: Nunca participei, não faz muito o meu gênero, gosto de criar poesias, não de recitá-las, talvez se me dedicasse ou participasse, passaria a gostar, mas é que não sou muito de falas em público, sempre me enrolo.


9-Você já publicou algum livro? Se já, cite o nome dele o ano em que foi publicado?


*Deise Formentin: Participei de umas coletâneas. Só foram alguns poemas.


10-Você já fez algum projeto ou participou de algum em referência a poesia?


*Deise Formentin: Só se for o seu.


11-Qual poesia sua que você possui mais afeição?


*Deise Formentin: Eu não tenho assim uma poesia emespecial, tem várias, depende muito do meu estado de espirito, hoje pode ser uma, amanhã outra e por aí vai. Tem essa que segue abaixo que é bem pequena, só tem uma estrofe, mas acho bem legal:


PERDIÇÃO

Seus olhos são a perdição de minha alma
Que luta incessantemente contra
Um sentimento que cresce
A cada instante dentro de mim...


(Deise Formentin)

7 comentários:

Deise Formentin disse...

Obrigado pelo espaço aqui no blog, por divulgar um pouco do meu trabalho e um pouco de mim mesma, adoro vc, como poeta, tem obras maravilhosas, mas como amigo e admiro vc por todo trabalho de divulgaçao das poesias nos projetos que vc desenvolve, vc è uma pessoa maravilhosa, sucesso em sua vida sempre amigo!!! Bjus, Deise

frpavan disse...

Adorei sua entrevista. Foi uma sinceridade explendida. Um forte abraço!!!

Anônimo disse...

Eu não sabia que era amigo de uma grande artista. Meus parabéns Deise, e também ao poesiarte
pelo espaço. Deus abençoe.

Anônimo disse...

Adorei a entrevista,parabéns a poetisa pela bela entrevista e sucesso!!!

Alex Feitosa

Sinoene disse...

Deise!
Nós nos conhecemos e eu não sabia nada sobre você. Fiquei orgulhosa em saber que tenho uma parente escritora. Continue e sempre que tiver algo novo me repassa por favor. Gosto muito de ler e admiro quem escreve. Susesso em sua vida. bjs!!!

Rui Formentin/Pelotas/RS disse...

Para mim, quem escreve poesia só pode ter alma grande e quieta.Parabéns pela entrevista e sucesso.Rui Formentin/Pelotas/RS

E.M.E.F.SERAFIM ÁVILA disse...

Me identifico com tuas palavras Deise, teus pensamentos... Também trabalho na áread a educação, também escrevo, mas as vezes sou meio egoísta.Não gosto muito de divulgar, parece que aquele "bagunçado" de palavras são crias e como crias, tenho ciúme que alguém as adote...eheheh. Mas mesmo assim criei uma página em um rede social onde coloco, lá, uns dez ou vinte por cento do que escrevo...
Um dia publicarei, concebendo assim, um sonho, cujo qual estará por aí, pelo mundo, para quem quiser adotá-lo...
Excelente tarde à vcs...
Cláudio Ehlers - (Escultura de Palavras e Sentimentos - Poesias) RS