sexta-feira, janeiro 22, 2010

DA SÉRIE DUETOS POÉTICOS


*"Sonata de outono" tela da poeta e artista plástica portuguesa Luiza Caetano.


A poesia está lá...

A poesia está lá...
Guardada no fundo da alma...
Escondida...
As letras não acompanham mais o pensamento,
Pois o sol voltou,
Mas o meu coração não consegue sorrir...

Mesmo que versos do além,
Vejam dois poetas perdidos entre uma tempestade,
Onde um tenta ajudar a outra a seguir a margem
De um rio
chamado Vida...

Choro por algo que já não faz mais sentido,
Que pertence ao passado agora,
Que teve sua chance e morreu.

Se perdeu no tempo de minha mente confusa
Entre os ecos de versos difusos em estridente anoitecer.
A vida que esta a nossa volta
Na qual lutamos para permanecer
O maior tempo possível

E nela desejamos ser felizes.

Já consigo sorrir agora,
Mas não com o coração.
É um bom começo,
Mas há algo que pesa nele ainda
E tem me atormentado...
Por que penso tanto?

A poesia está lá...
Livre e numa árvore chamada Amizade
Entre os encantos da alma.

(Deise Formentin e Rodrigo Poeta) 06/01/08



*Deise Formentin é poeta de Sangão-SC.


*Rodrigo Poeta é poeta de Cabo Frio-RJ.
-Membro da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo-RJ.

Um comentário:

anjo disse...

A poesia sempre foi e sempre será nossa forma de expressão, foi interessante fazer essa fusão das minhas ideias e sentimentos com os seus, amigo você é uma pessoa muito especial pra mim, um garoto brilhante e iluminado, é uma honra ser sua amiga,e poder dividir um pouco dos meus dias e sonhos com você, um super abraço.