sábado, janeiro 02, 2010

ENTREVISTA COM ANTHONY MOHAMMAD ABU KALIL



A poesiarte apresenta: Anthony Mohammad Abu Kalil.

*Natural de São Paulo-SP.
*Nascido em 06 de junho de 1988.
*Diretor Secretário de Assuntos Internacionais da ABRAONG.
*Poeta e pesquisador.
*Colunista do Jornal ESOTERA-RJ.

-Vejamos uma entrevista feita por Rodrigo Poeta com Anthony Mohammad:

1-Qual é o papel da sua entidade no Brasil?

*Anthony: Minha entidade juntamente com associações, centro estudantis, faculdades e sacerdotes, fazem uma parceria ecumênica a favor da paz entre judeus e palestinos, e contra qual outra discriminação seja ela racial, religiosa, cultural, física e dentre outros fatores que retrai e deixa o ser humano com a mente arcaica.
Temos como parceiros a CEALI (Centro Estudantil Árabe Imam Ali), fazendo seu trabalho cultural, FTABH (Faculdade de Teologia Afro Brasileira e Holística Livre), MAM (Movimento dos Poetas Árabes do Mundo) e dentre junções e alianças inter religiosas a favor da paz universal.

2-Como você retrata a questão do Oriente Médio?

*Anthony: O Oriente Médio se torna um assunto delicado, pois dão anos de atrito, que o cercam, mas infelizmente como sempre isso em qualquer país do mundo, quem paga são os menos favorecidos.
As pessoas não tem opção de estudo, renda familiar e projeção nas áreas da vida. São usadas como massa de manobra de um certo político, pois a guerra no Oriente Médio é extremamente política dentre outros fatores étnicos e religiosos.

3-Se a paz é o melhor remédio entre judeus e palestinos. O que falta isso ocorrer?

*Anthony: A palavra é código de ética, tanto na lei humana como na divina, que devem entrar no coração frio da política do Oriente Médio como dos outros governantes do Brasil e internacionalmente como tal qual os 10 mandamentos de Moisés.
Tolerância e paciência, mas é preciso escutar todos os lados, todos os envolvidos e esquecer as influências históricas de guerras, cruzadas e etc. Hoje ainda há muita influência ao povo do Oriente Médio.
Sendo assim, caminharemos a um rumo de paz, este mesmo que com a música e teatro, poesia e literatura, podemos conseguir também.
Sempre digo: é melhor guerrear com POESIA, LITERATURA, MÚSICA E TEATRO do que com pessoas inocentes.

4-Depois de 11 de setembro o mundo árabe também sofreu com a discriminação. Como você vê isso?

*Anthony: Sim. Infelizmente as pessoas julgam pela embalagem, não todos, mas um certo grupo. Sabemos que existe nomes taxativos que supostamente discrimina certos povos por influência televisiva, jornais e etc.
Cabe ao ser humano não aceitar qualquer coisa que lhe dizem. Estude, procure saber sobre a cada povo e sua cultura. Se você diz não gostar de massa, mas nunca a provou e nunca a pegou como pode dizer que é sabedor do gosto da massa ou de não gostar de algo que nunca soube ou procurou entender.
Em todas as culturas temos pessoas com más intenções e radicais, isso se torna uma patologia radical de que só o que você acha que é correto e o que qualquer pessoa lhe diz é aquilo por suposto.
Por isso, procurem saber mais, pois a história do mundo é completamente diferente do que aprendemos na escola.

5-Você conhece o livro "Poesia Palestina de Combate"? Fale sobre ele, caso conheça.

*Anthony: Sim. Nós que somos defensores da paz entre palestinos e judeus, não poderíamos de deixar de conhecer tão tamanhas pérolas para o ser humano. Ainda a pouca divulgação da poesia árabe e palestina. Este livro traz uma grande ajuda a este caso, as pessoas deveriam estudar mais sobre os filósofos árabes, químicos e matemáticos.
Al Jabber Mucabillah no qual dentre minha luta sou a cadeira número 21, meu patrono na Academia de Letras Gamaliel; filósofo Ibin Ruchd Averroes de Cordova, nosso Khalil Gibran dentre outros a filosofia árabe, poesia e ciência.

6-Como nasceu essa paixão pela literatura em você?

*Anthony: Eu sempre desde jovem pedia aos meus avós livros, enquanto outras crianças brincavam e aos meus pais, tive influência de minha mãe poetisa também. Minha mãe é filha do saudoso compositor e maestro ex-integrante do Grupo Demônios da Garoa. Pedia mapas mundi em vez de desenhar. Sou muito apegado a história do ser humano em geral, pois se não sabemos quem somos é e quem são nossos ancestrais do que vale?
Existe um provérbio árabe antigo que diz: "Quem nega suas origens não tem origens."
Sempre escrevi poesias desde os meus 9 anos, tenho inúmeras, isso tudo me trouxe mesmo com idade jovem inúmeros Doutorados Honóris e títulos de honra a paz universal.

7-Fale um pouco do livro sagrado dos irmãos árabes?

*Anthony: O sagrado e nobre Al Corão um livro poderoso, dentre as palavras do profeta Mohamed (SAWS), que a paz esteja com ele que foi revelado pelo anjo Gabriel se diz para respeitarmos os livros sagrados Torah e Taurat (Novo Testamento), mas foi lançado uma
maldição, àquele que muda as palavras ali contidas. Por isso, até hoje ele é o livro dez da época do profeta aos dias de hoje sem mudanças.
Os antigos dizem mais, o sagrado Al Corão será tocado apenas aos escolhidos e poucos são. Sem dizer que para se abrir o livro é preciso recitar as palavras corretas e de mãos limpas. Ao terminar o ritual se pede que não seja atentado pelo inimigo (anjo caído) ao decorrer do entendimento.
Posso dizer até aqui sobre o livro, pois é até aqui que é permitido.
Em suma é um livro de adoração a unidade Allah (Deus Supremo) o mesmo Deus de Israel (Adonai) e outros nomes que possui o sagrado nome.

8-Quais são os grandes nomes da literatura árabe mundial, que você admira?

*Anthony: Al Ghazali, Averroes, Ibn Tufail, Khalil Gibran, Amin Rihani, Al-Khawarizmi, Avempace, Al Farabi, Al Kindi, Al Khaldun e Al Jabri. Al Jabri foi o que me mais influenciou em inúmeros trabalhos acadêmicos.

9-Deixe uma mensagem para posterioridade.

*Anthony: Estude, procure, não pare no mundo, não acredite na primeira opção, saiba que o mundo que o cerca é cheio de diferenças e devemos aceitar as diferenças, pois no fundo somos todos irmãos e representantes da raça humana. A paz é possível, é só imaginar, mas é preciso conjunto e energia.
Desejo de coração a todos uma evolução espiritual, pois o universo trabalha a seu favor.
Muito obrigado ao irmão Rodrigo Poeta pela oportunidade, lutador da paz e da cultura.

10 comentários:

Anônimo disse...

SALAM MU ALEYKUM A TODOS E A MEU IRMAO RODRIGO POETA, FICO MUITO FELIZ PELA OPORTUNIDADE ME DADA
UM ABRAÇO A TODOS IRMAOS POETAS

DE VOSSO AMIGO

ARQUEDUKE DE MOLCHO
ANTHONY

CONADIC disse...

Saudações a todos.

Admiro muito esta maravilhosa personalidade que é o Digníssimo ARQUEDUKE DE MOLCHO ANTHONY, pois é um sábio no que se propõe e transmite indubitáveis palavras de conhecimento que inspiram e renovam as forças dos que militam pelo bem comum e pela proliferação da paz na Terra.

Ouvir ou ler o que vem deste homem é alimentar-se intelectualmente e espiritualmente.

Paz seja convosco.

Bispo Dr. Elvis de Assis.

Anônimo disse...

Boa entrevista!

Anônimo disse...

Compositora Julai Souzza

Parabéns Anthony
Sabias palavras
Realmente ouvir ou ler tudo q esse homem tem pra falar é muito bom , tem uma inteligência absurda , alem de ser muito legal , um poço de cultura

Adorei as palavras
E é isso ai gente , PAZ por favor
Todo mundo merece isso neh

Anônimo disse...

tenho muito orgulho de ser sua namorada
e poder compartilhar todos os dias dessa pessoa maravilhosa q vc é
te amo
composto por Julai Souzza

camila disse...

Anthony você está de parabéns, te admiro pela sua capacidade intelectual, você é uma pessoa que sabe como se expressar e usar as palavras adequadamente.

Anônimo disse...

Condessa Andrea

eu estou com muito orgulho de ter ajudado você e ser o que e hoje...
esta bela pessoa, da mamãe

Condessa Andrea

CENTRO EVANGELÍSTICO DO EVANGELHO ETERNO disse...

DR ANTHONY É UMA GRANDE PERSONALIDADE DA CULTURA ÁRABE.É UM PROFUNDO CONHECEDOR DA TEOLOGIA ISLÂMICA.É UM POETA TAMBÉM!!!MEUS PARABENS DR ANTHONY!!!!

DOM RICARDO LOPES

Anônimo disse...

sim meus parabens

ONG AFRO BRASILEIRA disse...

PRECISO UMA UNIAO E POLITICA MAIS PROXIMA DE PAZ MAS EM CONJUNTO
RELIGIOSO TAMBEM
E PRECISO TOLERANCIA , BOM TEOLOGO ANTHONY MOHAMMAD

PRESIDENTE FTABH , ABRAONG
MARCELO REIS