terça-feira, janeiro 31, 2012

DESTAQUE POESIARTE DE JANEIRO



A poesiarte apresenta: poetisa Carmen Cardin destaque da COMUNIDADE POESIARTE do mês de janeiro.

*Nome: Carmen Cardin.
*Data de nascimento: 23/07/68.
*Cidade de origem: Miracema/RJ.
*Cidade que representa: Rio de Janeiro/RJ.
*Atividades: Poetisa e escritora
-Vejamos uma poesia de sua autoria:



A Voz do Vento




Não sejas mais uma criatura comum,
Apenas um simples pedaço de carne,
A desfilar junto à mediocridade humana.
Antes, porém, procure pensar como nenhum
Outro ser jamais ousou sonhar nessa terra:
Raciocine, eis o primeiro passo!


Bendiga a chuva quando é o sol que se espera
Ame, verdadeiramente, o suor que de ti escorre
Ele é a energia natural, orgânico bálsamo.
É como a gota de orvalho no cálice de uma folha
Que brilha, cristalina e reluzente sob o sol,
Irradiando, nos olhos de quem a vê, o brilho da alegria.


Seja uma árvore frondosa, sombra altaneira,
A acolher os peregrinos dessa nossa mesma estrada,
Desse caminho de pedras, longo, que chamamos de Vida.
Solícita a abrigar, fértil e abundante de frutos,
A saciar a fome de quem só enxerga o corpo;
A refrescar a fronte do que, em si, percebe o espírito.


Sinta a brisa, prazer supremo, tocando em ti
Como se o vento fosse o seu amante preferido
A acariciar teu corpo, penetrando no espírito.
Entrega-te a esse ser como os pescadores às sereias
Para que possas escutar o sussurro do universo:
A voz do vento pulsando no mesmo ritmo do seu coração!

(Carmen Cardin)

-Veja um vídeo em que a poetisa está a recitar seus versos:






19 comentários:

Day disse...

Muito bonito o blog. Que seja abençoado e que a nossa amada poetisa seja cada vez mais conhecida e reconhecida, porque seu talento é incontestável, e sua beleza inebriante. A alma poética de Carmen Cardin é um presente divino para todos nós. Parabéns e muito sucesso a todos!!!
Beijo, linda, da amiga que mui te ama e admira. Daisy Carvalho

Jussara Neves Rezende disse...

Parabéns pelo destaque. Belo trabalho poético!

Marcos disse...

"É impossível simplesmente ler Carmen. Assim como também o é simplesmente escutar Carmen. Ler, ouvir Carmen é como viajar, abrir o coração e libertar o espirito que voa até o infinito e volta. Volta só pra continuar a ler e ouvir Carmen. Ela é doce, leve, frágil e forte. Ela simplesmente não passa pelas nossas vidas. Ela fica!!! "

Ricardo M. disse...

Mais uma grande obra de arte. Bela interpretação e crítica da vida. Espero ler em breve o seu próximo livro. Suas palavras fluem no meu corpo como o puro ar da montanha.
Parabéns.
Ricardo Moura

MARIA DA FONTE disse...

Muito bonito o seu blogue. Prometo voltar. Abraços

Anônimo disse...

Acompanho o trabalho da Carmen e me encanto com seus poemas, são tocantes e racionais.
Adorei esse blog, é muito lindo!
Parabéns Carmen querida, cada dia você surpreende mais, muito sucesso!
seu admirador
Milton Carlos Rodrigues

Cosmo disse...

Le tue parole poetiche che escono dal tuo cuore e anima, si gravano nella nostra mente,con le tue sfumature ed eleganza uno pensa di averle già vissute,baci, COSMO.

Humberto João disse...

Comentar algo é sempre um exercício de pensamento. Comentar poesia deve ser, também, um exercício de coração. Comentar a poesia de Carmen Cardin é um exercício de celestidade. É subir, na lentidão perfeita, das palavras. Apreender e fixar o alcance máximo e possível que a sua poesia nos transmite e, sem peias nem medida, aplaudir de pé com alma e coração, por entre os escolhos do mundo, pinta verdadeiros quadros de sublimidade.

Humberto João

Helio disse...

LINDA POETISA...
QUE OS ESCRITOS VINDO DA ALMA SEJAM ETERNOS... EM SUA SINGELA BELEZA QUE ENCANTA AO RECITAR O QUE DE BELO TENS ESCRITO.
A VERDADE DA ALMA UM BELO VERSO E O POEMA ESCRITO.
BEIJOS E MUITO SUCESSO EM SUA TRAJETÓRIA. BEIJOS DESTE POETA QUE ADMIRA MUITO SUA FORMA DE ESCREVER E PENSAR... HELIO RAMOS

sérgio disse...

..."Entrega-te a esse ser como os pescadores às sereias
Para que possas escutar o sussurro do universo:
A voz do vento pulsando no mesmo ritmo do seu coração!"...

Lindo!!

POESIA E PAIXÃO disse...

Carmen minha amiga lí e gostei muito do conteúdo de palavras, bela inspiração e o dom de DEUS...PARABENS bjssss

Francisco Borges Pereira disse...

Carmen Cardin, realmente cada apresentação desta Poetisa atual e atualizada, esta musa do tempo que deixa a Poesia ser parte envolvente para quem a lê, vê e ouve... Ela está adiante do nosso tempo! É muito bom viver este momento e apreciá-la!

Antonio Carlos disse...

Adorei o blog. Parabenizo a minha adorável poetisa, amiga Carmen Cardin, pelos belissimos poemas, por todo seu encanto!!! Vc é maravilhosa, moça! Beijos!!!

Sepulveda disse...

Que maravilha navegar neste espaço onde a poesia se respira, poeta linda.
Não podia deixar de o seguir.
Beijo.

Aristides dos Santos disse...

Querida e Amada Amiga Poetisa, os e as que me antecederam, por certo, já esgotaram o acervo das maravilhosas palavras que te reconhecem, Te admiram, Te abençoam, e Te homenageam. Com efeito, tudo em Ti é Poesia. És Toda Poesia! Poesia Sublimada na Alma e no Espírito, como se jorrando cristalinas bençãos diretamente da Fonte Divina! Parabéns.Beijos no Coração!

Milton Carlos Rodrigues disse...

Milton Carlos

A Carmen é uma poetisa abençoada, seus poemas e suas declamações vem do fundo da alma e sutilmente vai tocando nossos corações.
Parabéns Carmen querida e desejo; mesmo com esse sucesso que mantenha essa humildade que é peculiar.
beijos amiguinha!

Roberto Codax disse...

Belíssimo e profundo! Ótimo poema da graciosa poetisa Carmen!!!!

Anônimo disse...

amei,amei,amei .muitooo profundoooo <3 fiquei muito contente em ler as suas poesias... Parabéns

João Esteves disse...

O destaque deste janeiro é uma amiga minha, embora só nos conheçamos virtualmente e bem pouco nos falemos. Digo isto para situar que foi através do nosso site de relacionamento que a este blog vim ter. E aqui tive mais duas amostras de seu bonito poetizar, e de lambuja ainda a vi em movimento e conheci-lhe a voz, bonita também. Retornarei com o devido vagar em outra ocasião, para terminar de explorar este blog recém descoberto.
Muito bem, Rodrigo.