segunda-feira, janeiro 21, 2008

POESIARTE EM FOCO DE YVE LYSY


A poesiarte apresenta: Yve Lysy. Poeta de Volta Redonda-RJ.

-Vejamos uma poesia de sua autoria:


LAMENTO

Enclausurada
A mulher amada
Na torre do coração
As trancas enferrujadas
depois de trancadas
não abre mais não.

Não tem direito de escolha
Faz só o que ele quer
Foi transformada em robô
Não é mais uma mulher.

Ele bem que sabe disso
Mas finge não saber
Põe desculpa no ciúme
E diz que a sua mulher
Ele não quer perder.

Que foi difícil encontrar
Um amor tão grande assim
Que ela lhe devolveu a vida
E hoje ele sabe viver
Que esse amor tão bonito
Não pode ter fim.

De repente ele não sabe
Que o corpo ele pode ter
Mas que os pensamentos
São ocultos
Esse ele não pode ver.

O canto do rouxinol
Se fez ouvir por todo o tempo
É o lamento da mulher amada
Ali deixada no esquecimento.

Ela chora sentada no chão
Olhos fixos sem expressão
Ela desenha com seus dedinhos
As lágrimas que caem no chão.

E o homem desesperado
De ver a mulher infeliz
Ele a toma em seus braços
E com ela sai dali
Sem perceber
Que foi tarde demais
E em seus braços
A mulher amada, jaz.


(Poeta Yve Lysy)

15 comentários:

Yve Lysy disse...

É com muita emoção...
que, sorrio diante, de tão linda e maravilhosa surpresa, de ter o "LAMENTO"... minha
poesia predileta, ocupando um lugar de destaque.
Obrigada Rodrigo! pelo carinho.
Você sabe ser a felicidade!

Que Deus lhe guie sempre na sua jornada.

Bjs...Yve Lysy

Anônimo disse...

As palavras dessa poetisa tão linda, fluem, se fazem seus próprios e lindos sentimentos, descrevem com veracidade, o que a alma pode ou não suportar, o peso ou a leveza que é poder amar e ser amada. Está de parabéns esse poema, que se faz tão lindo e está de parabéns o poeta Rodrigo, por também notar e dar espaço aos jovens poetas para poderem colaborar e se fazerem notados nesse espaço rico que aqui foi criado. Yve, doces beijos, boa sorte em sua jornada, que se inicia rumo às constelações, pois vc já pode ser considerada uma daquelas estrelinhas que lá brilham no firmamento.

Barnabeth disse...

Yve querida,só posso dar-lhe os parabéns e mais uma vez me deliciar com suas poesias!
Faço votos de muito sucesso na sua carreira de escritora. Um beijo carinhoso!

Vinicius disse...

Querida Yve, belas palavras em seu poema sinto-me
lisongeado de tamanha força que suas palavras
demonstram, pois no fundo esse lamento se reflete
para todos aqueles que amam e não tem coragem de
expor claramente seus pensamentos,parabéns!
Vinicius Paes Figueira

aloisio disse...

É com emoção que vejo a força das palavras desta moça octagenária,não masi um apromesa de poeta, mas sim uma grata realidade, fala de sentimentos comuns aos que vivem, fala das clausuras da alma, da entrega completa do coração amante, dos devaneios destef corações solitários entre multidões, sentimentos tão comuns e por ela traduzido de forma única e deleitosa, seus poemas são refrigérios para as almas cansadas do efeito estufa do dia-a-dia, que tua inspiração seja o nosso prazer...beijos e parábens

JP disse...

Yve sua poesia é linda ... mas é cheia de muita melancolia.
tente expressar mais alegria e entusiasmo assim um lado seu q vc nao conhece vai aparecer mais !!!


Abraçao e tudo de bom pra vc

Silvio Renato disse...

Sempre que houver amor, haverá também o lado que expressa a dor, pois a linha que define um do outro é tênue, frágil, quase inexistente e isso é o que essa linda poetisa está dizendo nesse lindo relato que ela pode colher de experiências (se vividas por ela, não posso dizer, se notadas por ela, somente ela é quem pode revelar também), mas soube sim, expressar nas palavras nesse poema, a essência que deve ser observada e notada, nos sentimentos verdadeiros e únicos de uma mulher que ama demais e deseja sempre ser amada. Doces beijos minha querida poetisa, adoro vc !!!

Maria Flor! disse...

Yve, bela sua poesia muito bela, eu diria belancólica!
Parabéns Poetisa!

Maria Flor!

Raquel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel disse...

Realmente sua poesia é triste e real,fazendo com que nossos sentimentos se aflorem, e assim,nos colocarmos no lugar do outro...
Linda...E a você Yve, sempre tão gentil, me incentivando sempre quero dizer que quando eu "crescer" quero escrever como você!!
Parabéns e beijo no coração

Raquel

Nathália disse...

Parabéns Yvee! Linda a sua poesia AMEI!!! Que DEUS continue te dando inspiração pra vc fazer essas poesia maravilhosas!!
Deus te abençõe hoje e sempre...



Beijos

Rhayaaanee:} disse...

Parabéns minhaa flor a poesiaa éé tãão lindaa quando vcêê...


BeijÔ enormeees, quee vc continuee assiim nos presentiando com o dom que Deus lhe deu dee poder alegrar e acalmar o coração das pessoas cm aa magiaa daas Poesias...

:**

Nelma *de paz* disse...

Lindo poema,lindo,lindo,lindo...
Percebo uma realidade fantasiosa ou uma fantasiosa realidade em seus versos,cheios de sentimento.
Parabéns Yve Linda Lisy,poetisa!!!
Parabéns ao poeta Rodrigo por abrir este espaço a essa moça de tanto talento.
Beijos e paz de coração.

aloisio disse...

Poww...como sempre falei a essa mocinha, talento é o que ela mais tem e todo mundo ve isso também!! Lindinha você é gênia e sabe disso, só usar sempre sua genialidade que tudo fica fácil!!

Saudades Nanda...

Continue com isso, não pare nunca!!

Caio Baltazar da Cunha disse...

Yvee...

Ficou muito lindo o seu poema!

Gostei de verdade mesmo!

Você tem talento nisso. É preciso inverstir nesses tipos de coisa, pois um dom oculto pode ser revelado brevemente, não é!?

É isso, adorei mesmo...

to indo..

bjs!