segunda-feira, março 08, 2010

ARTIGO DE ANTHOY MOHAMMAD


Declaração contra preconceito religioso calúnias e injúrias 
(Anthony Mohammad)

Preconceito é um juízo preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude discriminatória  perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, racial e sexual.
É com tristeza que infelizmente ainda existam pessoas que não querem ver a paz entre o povo judeu e árabe, pois  um trabalho de paz entre os dois povos e as crianças que não tem haver com os acontecimentos atuais e políticos.
Dr. Anthony Mohammad  uma pessoa límpida e transparente vem sofrendo acusações e calúnias sem provas apenas por um motivo!
Querer a paz entre os povos judeus e árabes, mas não e só isso o trabalho de paz. É reconhecido religiosamente e internacionalmente como tal isso prova em qualquer documento e órgãos , infelizmente o ser humano possui algo que deveria ser destruído em si.
A palavra que nos mostrou biblicamente o primeiro assassino da humanidade ( CAIM ), a inveja , este que e um sentimento que faz mortes e guerras.
Os títulos recebidos por seu trabalho de órgãos renomados e registrados em cartório, ou seja, existentes , não são o ponto de inicio a Dr. Anthony Mohammad , sempre uma pessoa humilde que tem seu trabalho com as comunidades carentes da região da zona leste.
Algumas frases relatando o grande sentimento que move algumas pessoas que sem culpa não teve muito aprofundamento em assuntos islâmicos ou judaicos e que um cidadão e nomeado e batizado com nomes, sendo e representado como em qualquer outra religião.















"Se minha Teoria da Relatividade estiver correta, a Alemanha dirá que sou alemão e a França me declarará um cidadão do mundo. Mas, se não estiver, a França dirá que sou alemão e os alemães dirão que sou judeu." 
(Albert Einstein - físico teórico alemão).

 A pessoas jogando questão racial  contra outros povos justamente para destruir um trabalho ecumênico e social para com as religiões e com os povos chamando de estereótipo. Exemplos: "Todos os alemães são prepotentes", "todos os norte-americanos são arrogantes", "todos os ingleses são frios". Observar características comuns a grupos são consideradas preconceituosas quando entrarem para o campo da agressividade ou da discriminação, caso contrário reparar em características sociais, culturais ou mesmo de ordem física por si só não representam preconceito, elas podem estar denotando apenas costumes, modos de determinados grupos ou mesmo a aparencia de povos de determinadas regiões, pura e simplesmente como forma ilustrativa ou educativa.
A nacionalidade de uma pessoa sua cor , raça ou religião não e fato nenhum de humilhação ou perseguição , por que um árabe não pode conversar com um irmão negro? Por que um judeu não pode conversar com irmão árabe?
Por que um Árabe não pode ser judeu ou um judeu ser muçulmano ? Por que não podem trocar palavras de paz e ser humildes entre si?
Por isso que as calunias apenas inflamam estes preconceitos entre raças e etnias.
Dr. Anthony Mohammad é um homem com honrarias em religiões que respeitam o profeta Mohamed SAWS  e assim está nos livros de Deus ( Allah) faça aliança com aquele que respeita o senhor .
Pensando nisso levanta-se a bandeira contra crimes de internet , preconceito físico,racial, sexual  e religioso.

4 comentários:

Michel disse...

Digamos então de pronto que vivemos em um Holocausto?
Poeta Anthony Mohammed deseja apenas a paz entre o povo judeu e arabe , isso faz dele um inimigo contra uma canpanha de Neo Nazistas que me deixa com muita pena dos mesmos.
Desejam confundir as missoes e a paz com injurias e calunias , coisa esta que nunca existiu.
Eu já estou farto de perseguição do Povo Judeu que já passou por Inquisição , Holocausto e etc.
Qual seria o problema de ter uma origem judaica ou arabe?
Somos humanos todos nos

Michel Kish

Anônimo disse...

Fica nosso apelo a paz mesmo.........

Dr.Evandro

Yury D'Ávila disse...

Magistral, milorde...
O facto de sermos semitas, não faz de nós inferiores a ninguém... mui pelo contrário...
Se esses quem dizem essas barbáries são, como dizem que são, verdadeiros e auténticos cristãos, saberiam, pois, que os semitas são eleitos e santos por D'us (Que o Misericordioso e Misericordiador tenha misericórdia d'eles!) e teriam, também, o amor ao próximo (pois de facto o somos, por sermos irmãos pela Palavra).
Saberiam, também, que sempre estivemos dispostos a ter uma boa convivencia e parceiria com eles, e que foram eles quem fizeram-nos inimigos...
foram eles os primeiros radicais...
os primeiros "cegos", e anti-bilaterais.

Anônimo disse...

Dr.MArcel Rodarte
Deveríamos ter aprendido da história. Mas o contrário parece estar acontecendo. Em ritmo crescente ouvem-se novamente manifestações anti-semitas de políticos europeus. Na Rússia os judeus temem abusos anti-semitas e as pressões da União Européia e dos EUA sobre Israel aumentam. Isso sem considerar o comportamento das nações islâmicas contra o povo judeu.
Em primeiro lugar, devemos cuidar para não sermos arrastados pela tendência anti-semita, influenciados pela política, pela imprensa ou mesmo pelos erros cometidos por Israel. As emoções e o clima reinante não deveriam nortear nossas atitudes e nossa posição com relação a Israel, mas sim a Bíblia. Devemos lembrar que em Sua Palavra o Senhor prometeu a Abraão, de maneira muito explícita, que Sua aliança com ele seria de geração em geração, até a eternidade: "Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência no decurso das suas gerações, aliança perpétua, para ser o teu Deus e da tua descendência" (Gn 17.7)