domingo, fevereiro 20, 2011

PROGRAMA SARAU LER ARTE É RETIRADO DO AR!


OFF LINE


      Infelizmente é triste dizer, mas fazer cultura aqui em Cabo Frio é difícil. A política destrói tudo. Querem mesmo o povo alienado. Lembro como nasceu o GRUPO PROCESSO DE POESIA em agosto numa terça-feira no dia 21 de 2007 no Espaço Cultural do Jardim Esperança.  Espaço que depois foi tirado de nós. Tínhamos cerca de 12 integrantes de todas as raças, credos e de diferentes opções sexuais. 
      O nosso objetivo sempre foi de desenvolver a literatura. Fizemos rodas literárias no Coreto da Praça Porto Rocha, fomos agregados no Colégio Municipal Professora Elza Maria, onde só nos cedeu o espaço e não nos deu apoio a disseminar a arte literária na escola. Afinal a direção sempre boicotava trabalhos feitos sem cunho político. Fomos parar na Biblioteca Municipal. Ficamos lá. Crescemos um pouco, mas saímos, pois somos livres para voar. Participamos de eventos como a Semana Teixeira e Souza, Semana Monteiro Lobato, saraus e recitais em Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios.
      Um grupo de jovens sonhadores da arte. Resistindo à três anos. Paramos na TV, a convite da Jovem TV, mas a arte incomoda e nos tiraram do ar sem dar um motivo coeso e coerente infelizmente. Não ganhamos dinheiro, pelo contrário conhecemos pessoas como Reinaldo Caó, Luciano Martins, Zel, Paola Vannucci, Maria Melo, Carlos Alberto Sousa, Meyre Carvalho Marques, Neuza Morais e outros que nos acrescentaram muito em nossa caminhada.
        Nunca tivemos apoio da nossa cidade Madrasta, mas sim o carinho de cidades vizinhas como Arraial do Cabo, Armação dos Búzios e Iguaba Grande.
        Em Búzios tivemos a mídia pela rádio e pelo jornal. Em Iguaba o jornal O Popular com amigo de sempre Frank de Oliveira. 
         Fizemos duas antologias no estilo onomatopaico do grupo de ser.
         Passamos por altos e baixos.
         Infelizmente um dia tudo acaba, para mim acabou. Fica minha indignação contra essa mídia marrom, contra esse povo que se diz fazer cultura e não sabe o que é na essência.
         Nunca pedimos dinheiro, só queríamos apoio...Fomos tirados do lugar que nascemos sem uma explicação (o fim do Antigo Espaço Cultural do Jardim Esperança), fomos usados por interesses escusos (por entidades  que se dizem fazer cultura) e por fim tirados do ar!
         Para todos que acreditaram em nosso trabalho a nossa gratidão. Para todos que nos boicotaram e nos invejaram o meu lamento, pois vocês empobrecem mais e mais a cultura de Cabo Frio.
          Uma coisa digo, não pedi para fazer o programa juntos com meus amigos, fomos é convidados e ao mesmo tempo tirados do ar.
         Hoje eu, Rodrigo Poeta me despeço do grupo, passo o bastão aos amigos Alex Feitosa e Fabio Emecê, que terão sempre meu apoio e minha amizade. Seguirei na literatura com outros projetos, mas para mim é o fim do processo.

Rodrigo Poeta - 20/02/11.




*Segue um e-mail que  foi enviado ao Programa Informe Local da Jovem TV por um admirador do Programa Sarau Ler Arte e para o nosso fiel amigo Fabio Emecê:


Bom dia, fiquei sabendo que foi retirado da grade desta emissora o programa "jovem", ou pelo menos com iniciativa jovem, Sarau Ler Arte. Realmente eu não entendo como uma tv que se diz jovem, e precisa de programas que sejam verdadeiramente culturais (pois programa de fofocas políticas e outros tendenciosos não me parece ser "alternativos"), retira do ar iniciativas verdadeiras e originais...

Vejo que a emissora de vocês tapa buracos reprisando massivamente sua pouca programação... Acho que a iniciativa destes jovens é louvável: primeiro por falar de arte, segundo por falar de poesia e terceiro por não terem tendências políticas, mas talvez literatura não seja algo que essa emissora valorize, então deveriam fazer como as outras emissoras locais: programas de fofocas disfarçados de noticiários.
Fico triste em saber que uma iniciativa sobre literatura e poesia foi cortada e talvez por motivo algum. Dos pouquíssimos programas que eu poderia parar para ver, de sua emissora, esse era um deles, isso levando em consideração que o programa não primava por técnicas apuradíssimas, mas tinha algo muito mais importante que é primar pela HONESTIDADE e pela CULTURA.
Obrigado e espero que repense sua grade de programação.

Aldo (designer)
ArtMaker design
(22) 2647-3448 / 92538004
www.artmakerbr.com.br

13 comentários:

Ana Paula Marinho disse...

Lamentável o programa ter saído do ar, achO que a Jovem TV tem programas que não acrescentam em nada na cultura das pessoas, não irei citar nomes pois seria falta de ética. Mas eles tentam manter uma qualidade, mas na hora de passar o "pente fino", eles retiram o que ajuda na formação sócio culturam de nossas crianças. Os jovens de hoje em dia, já não tem estimulo para a literatura e poucas são as emissoras que abrem espaço para esse tema. Uma empresa que não investe no conhecimento para os jovens, cultivando a cultura literária, para mim é uma empresa sem expectativas. Pois como formar um adulto culto, se na joventude há estimulos para isso? Como ensinar um bem necessário para formação de caráter sem estilumar a leitura? Acho que esta emissora deveria rever os conceitos e vê realmente o que precisa sair do ar. Acho que eles dão espaço demais para os políticos corruptos e esquecem da cultura de nossos jovens. Falo mesmo!
"LIBERDADE DE EXPRESSÃO!"

Dominique disse...

Lamento profundamente que existam pessoas em sua totalidade, igonorantes e despreparadas para que esta cultura cresça em Cabo Frio. Poeta, o seu trabalho jamais será em vão.Parabéns pelo incentivo à cultura. bjs da amiga poetisa.

Jéssica Araújo disse...

Realmente é lamentável, mas uma triste realidade, pessoas se deixam transformar em simples "moeda de troca",não sabendo que lhe são assegurados muito mais do que supostamente possa lhe ser ofertado.Ora o direito a comunicação é livre, isto é exatamente uma fronta ao Estado democrático de Direito e uma violação ao livre exercício da expresão da liberdade artística, intelectual e de comunicação independente de censura ou licença, de acordo com o rol de direitos e garantias fundamentais pétreos (art 60 parágrafo 4º,IV, da CF/88) do art 5º,IX, de nossa Carta magna de 1988.Sendo também dever do Estado assegurar a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso as fontes de cultura nacional, cabendo apoio,incentivo, valorização e difusão das manifestações culturais (Art 215 da CF/88).Depois de citar exaustivos direitos é um absurdo que as pessoas que ao menos deveria ter ciência de tais premissas, ou se tem por uma questão de respeito e caráter coloca - las em prática,incentivar ao invés de restringir, fazendo uma transgressão de direitos que foram conquistados com tanto sacríficio,retirar sem qualquer justificativa, por simples coveniência, não se importando com o benefício extraído e a opinião, sentimentos, de quem tenta fazer deste país um lugar melhor pra se viver,lutando, mostrando que de alguma forma as pessoas são especiais, talentosas livrando elas das armadilhas da vida,que a arte é a mais sublime expressão do verbo viver e de bem - estar.Essa atitude só mostra uma falta de consideração com o próximo, uma forma egoísta de ser,um descaso para com o meio social.

Roldão Aires disse...

[b]Amigo e confrade Rodrigo Poeta, como sabe sou de São Paulo, Membro da Academia Cabista, e me deixa triste demais saber que mais uma vez a ignorância leva de vencida a tentativa de se levar um pouco de conhecimento e cultura, há um povo que infelizmente, por culpa das esferas maiores,tão carente é de conhecimento. Não se deve desanimar em hipótese alguma, outros caminhos existem. Até nós que com nosso Portal temos uma rádio, nos pomos à disposição dos amigos Acadêmicos. Mais um motivo de luto, a já tão enlutada literatura brasileira.[/b]

Roldão Aires

naza disse...

A velha política do pão e circo diz não a poesia outra vez, mas aqueles que estão sob o signo da poesia veêm na página virada o aprendizado positivo: vivemos em um mundo em que não existe censura ou prisão para aqueles que decidirem expressar suas convicções com poesia, artes, ou qq forma de manifestação de sua personalidade, porém ainda existe o vírus da política de sexta categoria, onde muitos buscam a promoção de interesses particulares. O tráfico de influência está encrustado em ações e pessoas das quais menos esperamos. Sorte do dia é que o poeta orkutiano, facebookiano, twittiano já consegue exergar mais longe e perceber que no caminho das artes envolvidas com o lado social há pedras que não viram poesia mas lições no código de poÉTICA.
Onde há ignorância cultural não há culpados são todos vítimas do sistema!

Elaine Mello disse...

E ainda dizem que este é um Pais que vai para frente...

Lamentável saber que um programa desses foi retirao do ar.

alexcatolicoevascaino disse...

São por essas e outras tantas, que também parei de escrever! Eu agradeço o carinho e apoio que você sempre me deu, e faço votos de sucesso em suas novas empreitadas! Cabo Frio já era!

Willy Caolho.

Carlos Alberto Silva Fouraux disse...

como disse não se preocupa com estes analfabetos de cultura, eles não sabem o que faz. A verdade é que temos que continuar, não podemos dar espaço a estes que so colocam em causa propria o que lhes convem...força e pode contar com a gente, ajudaremos no que for preciso e estiver ao nosso alcance. abraços Fouraux

Poeta DR. Anthony mohammad disse...

Saudações a meu amigo e confrade Rodrigo Poeta
Infelizmente este Brasil esta alienado , sem cultura e sem raiz , poucos como nos tentamos fazer desta terra homens pensantes , mas esta muito difícil.
Ficamos sem historia , sem cultura , sem patriotismo .
Estes motivos são financiados pelos políticos regionais , incapacitados de seus cargos e da população ZUMBI .
Que Brasil e este?
As regiões remotas são comandadas por políticos , homens sem honra , sem caráter .
Vivemos em muitos países dentro de um pais , e a alienação e contagiante.
Um ato deste e totalmente jocoso , creio que os poetas , poetisas , arquitetos , artistas deviam fazer sim sua voz ser ouvida , devem fazer luto a este assunto , em arraial do cabo berço de cultura , um ato deste e inaceitável.
Procurem respostas na Prefeitura , nos órgãos , todos devem ser recebidos e serem ouvidos.
Esta direção deve entrar em contato com vocês e explicar por que ocorreu isso, procurem os órgãos e apoios políticos para isso , esta direção precisa de retratar.
Poeta Anthony Mohammad

SELMO VASCONCELLOS disse...

RODRIGO POETA, você é um talentoso ativista cultural e poeta. Sou seu ferrenho admirador. Espero dessa vez encontrá-lo na Bienal do Rio em setembro. Abraços.

Jaida Mundim disse...

Infelizmente isso ocorre em todo o nosso país. O Grupo Mascaras Ocultas, pioneiro em teatro aqui na cidade de Araruama, hoje é proibido de desenvolver o seu trabalho no Teatro Municipal de Araruama por divergências políticas. O atual subsecretário alega que, o nosso grupo, não é um grupo "oficial"... E assim, nós que somos trabalhadores da arte nos vemos sempre reféns de politiqueiros e pessoas não adequadas ocupando cargos em troca de favores. E isso irá continuar até o dia que nós resolvermos reagir e mostrar a cada um deles o poder que os artistas, das diversas áreas, têm quando se unem. Sem união nada irá acontecer e veremos a cada dia todos os nossos sonhos e projetos sendo derrubados pela ignorância e incompetência dos donos do poder...

Doc disse...

Fala, meu camarada! Venho me juntar a sua indignação e me solidarizar com essa situação descabida e alienante. O programa Sarau ler arte era um representante autêntico do meio cultural e uma perspectiva de liberdade de expressão para todos, não só do Jardim Esperança, mas de toda nossa região. Legítimos representantes do povo e da classe artística. Valeu, a luta continua!

Dani disse...

Eu, como ex-futura-assessora-fotógrafa, incansável agitadora de eventos, amiga, projeto-de-poeta convidada, teimosa, incentivadora e outras funções... não poderia ficar de fora!
Respeito sua posição, mas você sabe qual a minha opinião a respeito da sua saída. Sei que persegue outros projetos e somos parceiros em alguns, mas seu lugar no PROCESSO é "ad eternum" (como diria Yuri) e outras iniciativas como esta virão, pois você é um ativista, professor, apaixonado por literatura e poesia, teimoso como eu, incansável como outros tantos!
A História é construída todos os dias, poeta, você sabe disso...